terça-feira, 27 de outubro de 2009

Falta ao grupo do palmeiras

Post retirado do blog do joca :
http://jocafuteblog.blogspot.com/
http://jocafuteblog.blogspot.com/



O Palmeiras está com o pentacampeonato brasileiro ameaçado após três derrotas seguidas.
Apenas um ponto conquistado dos últimos 12 disputados.
E parece ser difícil chegar a uma conclusão sob o motivo dessa recaída súbita.
Elaborei uma hipótese.
Primeiramente, que não é, de forma alguma, falta de comando.
Muricy Ramalho é o melhor técnico do Brasil.
Imbecil é aquele que o chama de imbecil.
Porque, diga-se de passagem, um imbecil não é tricampeão brasileiro consecutivamente e pelo mesmo time.
Falta de referência em campo também não é.
Marcos, Edmílson, Diego Souza e Wagner Love são puros exemplos em campo.
Para mim, é falta de grupo. Falta de banco.
Marcos é impecável no gol. Seu reserva Bruno tem qualidade, enquanto Deola, o terceiro goleiro, e muito inexperiente. Seria uma sensação ruim vê-lo no banco em caso de lesão ou suspensão de um dos dois.
Figueroa e Wendell são dois bons laterais direitos, e que encaixam bem na equipe. Com um reserva mediano, Henrique, a lateral direita torna-se a posição mais bem servida da equipe.
A zaga, com o previsível Danilo, Maurício Ramos (machucado), o fraco Marcão e os jovens Paulo Miranda e Maurício é um setor sem qualidade da equipe e que precisa urgentemente ser melhorado.
A lateral esquerda, com Armero e Jéfferson é um setor que precisa de reparos. Armero é decente, porém irregular, e Jéfferson ainda é inexperiente.
Os volantes, com um Pierre machucado, Sandro Silva e Jumar (comento?) e um ultrapassado Edmílson são muito decadentes. O único que se salva é Souza.
Os meias, que tem o craque Diego Souza, o lesionado Cleiton Xavier e os pífios reservas Marquinhos e Deyvid Sacconi são bons no time titular, mas decadentes em opções para durante o jogo serem colocadas, muitas vezes variando o esquema tático.
No ataque, tem um Wagner Love que ainda não se readaptou totalmente ao futebol brasileiro, um Robert muito duvidoso, Obina (comento?), o paraguaio Ortigoza (que costuma funcionar apenas para o segundo tempo), o jovem e inexperiente Lenny e o "bebê" Daniel Lovinho.
Ao Palmeiras, falta apenas banco.
Um presidente de ponta (Belluzzo)
A equipe tem um excelente técnico (Muricy).
Líderes em campo (Marcos, Edmílson e Wagner Love).
Dois craques (Cleiton Xavier e Diego Souza).
Três tipos de elemento surpresa (Bola parada com os meias, avançadas de Armero e a centralização de Figueroa).
Só precisa arranjar 18 jogadores do mesmo nível.
E parar de insistir no esquema do "chuveirinho".
Está na hora de Muricy focar-se no presente e esquecer a forma que ele escalava o São Paulo.
Senão tudo estará perdido.
E ele estará na rua...

2 comentários:

Saulo disse...

O Palmeiras volta a ganhar contra o Goiás.

Equipe Esporte Total disse...

Grandes chances de título na minha opinião.
Quinta estréia de novo quadro no Blog Esporte Total. Conto com sua presença.
André do Blog Esporte Total
http://futebolmeuamor.blogspot.com

Postar um comentário

Um blogueiro sempre gosta de ver comentarios em sua notícia. Por isso, sempre que possivel comente!!!